10 de nov de 2013

COPA SC – Quase tudo igual

Com os resultados da rodada de mata-mata Copa SC deste final de semana, a conclusão é obvia, as equipes estão niveladas e por baixo o que é pior. No norte do estado a equipe do Porto, venceu o Guarani (das Palhoça)  pelo placar de 2x1,sendo o único vencedor da rodada. Metrô e Tubarão empataram na cidade Azul em 1x1, mesmo placar de Juventus e Canoinhas neste domingo. Bom ficou tudo para decidir nos jogos de volta, o que já era de se esperar.

Expectativas e diferenças

A expectativa era grande por parte do torcedor de uma vitória sem sobre saltos contra o Tutu do Sul e foi frustrada pela equipe. Foi falado da superioridade do Metrô e de sua estrutura??? sobre o adversário ( um time de 2ª divisão), já ó verde de Blumenau um time de serie A do chevetão Catarinense, time de serie D do brasileirão. Mas em campo foi 11 contra 11 e a branca redonda (bola) apanhou uma barbaridade. Alias as bolas utilizadas na partida eram as do Metrô, pois as do Tubarão estavam já muito surradas e sem condições para o jogo (olha a fase do adversário). E o Metrô não conseguiu fazer valer toda essa possível superioridade ou transformar isso em um resultado positivo na partida.

Está certo que o Metropolitano até buscou mais o gol adversário, teve mais iniciativa e posse de bola no jogo, mais faltou o principal, a qualidade individual para definir o jogo. O técnico Abel Ribeiro apostou em um esquema com 3 volantes (David, Jackson e Everton Cesar) um meia só de armação para as jogadas (Alessandro) e 2 atacantes (Edimar, Jones). O Metrô foi um time que ocupou e muito a parte direita da cancha no ataque, chegava a ficar torto. A coisa não funcionou e o “professo” mudou claro, sacou um volante o menos eficaz Everton Cesar e meteu outro meia o Juliano Mineiro. Pouca coisa mudou, ah sim Jones foi expulso.

Oportunidades

Acho que foram iguais, e todas desperdiçadas pelas equipes. No setor defensivo as equipes deram mole e os dois gols na partida aconteceram nestas falhas. Muitos jogadores citaram o campo de jogo ruim o que dificultava o melhor toque de bola. A Diretoria do Verdão saiu cuspindo marimbondo e outras coisitas mas, sobre a atuação do Celinho.

À volta com promoção

No jogo da volta no Sesi que será na quinta-feira (14) as 20h15, o Metropolitano precisa de uma vitória simples ou de dois empates no tempo normal e ai na prorrogação. A Diretoria Verde já anunciou que os 2 mil primeiros torcedores no Sesi, vão ganhar um ticket que vale uma torre de chopp no Madrugadão. Estamos na terra da Oktoberfest e a idéia é interessante.

Pra Inticar

Torcedor do Tubarão me chamou próximo do alambrado no termino do primeiro tempo do jogo e disparou: poxa pensei que o time de vocês fosse melhor, primeira divisão serie D, acho que estão comendo sardinha e arrotando caviar.

E aih vou falar o que pro homem...




5 de nov de 2013

Metropolitano vence Bruscão em Camboriú

Da pra dizer na gíria do futebol 'deu pro gasto' está a melhor definição da vitória do Metrô pelo placar de 1x0 contra o Brusque, hoje (05) a tarde em Camboriú pelo returno da Copa SC. 

Time Mexido

A equipe do técnico Abel Ribeiro foi acampo com muitas modificações na sua escalação, fruto de lesões, e o fato de poupar o desgaste de alguns atletas em uma partida sem muito apelo.  O treinador queria também avaliar alguns jogadores vindo da base, para ver seu comportamento em uma partida de 3 pontos. Na defesa: Paulinho voltou a lateral direita, Junior Fel na zaga ao lado de Bruno e Juninho finalmente fez sua estréia no profissional na lateral esquerda. No meio mais surpresas, uma trinca de volantes com: Davi e Jackson e uma nova oportunidade para o Zé Lucas. Edimar trabalhou como meia de ligação e também como atacante ao lado de Toni (centralizado) e Uederson (pela esquerda). 

O poupados

O zagueiro Elton e o meia/lateral Alessandro poupados para evitar desgaste mesmo (já não são mais guris), o volante Everton Cesar também nesta linha; zagueiro Alexandre Carvalho com entorse no tornozelo; Jones com fissura na costela, e ainda o meia Diego Torres, que....sei mas não vou contar. 

Tempos Distintos

Foto Rafaela Martins - Agência RBS
O primeiro tempo o Metropolitano teve muito mais posse de bola e por consequência criou as melhores oportunidades, mas ainda padecemos de uma melhor finalização. Uederson e Toni com muita  movimentação complicarão a vida da zaga do Bruscão. Mas o 0x0 persistiu. No segundo tempo o técnico do Brusque Rogério Perrô, posicionou melhor os seus volantes e meias, e o Metropolitano já não ganhava com tanta facilidade a chamada segunda bola. Abel comentou no final do jogo que a diferença de atuação do Metrô da primeira para segunda etapa foi a mudança no vento, sei não 'profexo'. 

Briga de baixinhos e o gol

A bola apanhou bastante no segundo tempo, mais foi só nele que saiu o único gol da partida. Em cruzamento da esquerda, Edimar fez valer sua maior altura (olhe lá 10 cm) sobre o lateral esquerdo Flavinho e botou pro fundo da rede defendida pelo goleiro Fabão. O jogador do Metrô, dos cabelos encaracolados, e que não é muito chegado a fazer gols se sentiu mais aliviado depois do jogo. Muita gente ainda lembra e cobra o último lance lá no Jaconi em Caxias do Sul contra o Juventude. 

Agora o Tutu

Bom agora pelas "sextas de finais" (só por aqui mesmo) o Metrô vai para o sul, onde enfrenta o Tubarão. Primeiro jogo é dia 10/11 lá e 16/11 (sábado) aqui no Sesi. Diretoria do Verdão vai tentar na FCF mudar para o dia 14/11 (quinta-feira). Vale lembrar que agora é mata/mata, quem fizer mais pontos vai pro quadrangular final. 







4 de nov de 2013

Pitacos da rodada – Brasileirão

Descendo a mina

Amigos Criciúma e Ponte Preta se abraçaram após empate (1x1) no Heriberto Hülse. Mais uma vez a equipe carvoeira deu sopa para o azar. Nota mil para o torcedor que compareceu e torceu muito, mas falta qualidade a equipe do Tigre. Ouvi boa parte do jogo pela Rádio Nereu Ramos em cadeia com a Rádio Eldorado e foi o que eu entendi na transmissão dos amigo de Cricúma. Mas isso já havia comentado no final do Estadual deste ano, contrataram em quantidade e sem qualidade, e aih amigo...

Fla – Flu

Mistão do Flamengo ficou quente e venceu o time pó de arroz do “profexo” Luxa. Alias o Flu namora e está quase beijando a viúva do rebaixamento. Vi uma cartaz no New Maracá dizendo ‘Fica Luxa’ mas não sei não, presidente (Flu) disse no final do jogo que técnico está prestigiado, detalhe cartaz era do torcedor do Mengão; que fase hein...

Parte de cima

O Cruzeiro continua a brilhar, venceu o Santos (1x0) na Vila mais famosa. É questão de tempo (quem sabe próxima rodada) para os mineiros fazerem a festa do pão de queijo e o café com leite. E no Fogão faltou gás novamente, perdeu para o Goiás (1x0) assim viu a equipe do cerrado encostar na briga pela libertadores. Já o Atlético Paranaense derrubou o Saci colorado, venceu (1x0) e passou o Imortal Grêmio, agora é segundo colocado. O tricolor gaúcho não saiu de um empate 0x0 com o Bahia, e o que chamou atenção no jogo parece foi a bandeirinha Catarinense Nadine Schramm Camara Bastos. Falaram bastante da loira (??) de Itajaí. Sei...

Meiuca

O Galo venceu o Náutico pelo placar de 5x0 e matematicamente rebaixou o Timbu, o Curintias do Mano voltou a empatar (15º no brasileirão) desta vez com o Vitória (1x1) no Barradão e o Tite ta dando entrevista ainda. O São Paulo foi bem, com casa cheia ganhou a Portuguesa (2x1) e quer dar uma namorada na zona de classificação para a Libertadores, mas ta difícil. Aluisio Boi Bandido é que esta de bem com a vida no tricolor do Morumbi.

Ainda em baixa

O Vascão venceu, mas não saiu ainda da zona do agrião ruim, o Z4. Venceu o Coritiba por 2x1 e agora têm os mesmos 36 pontos do Fluminense, mas perde nos critérios. Alias por aih a briga vai ser feia entre os dois cariocas para ver quem desce.

Gilete Press (José Roberto Malia – ESPN)

Se vingar a Supercopa do Brasil, idéia do Circo Brasileiro de Futebol (CBF) para abrir a temporada 2015, o bom senso indica que um time poderá disputar apenas sete torneios ao longo do ano. Além da competição que colocaria frente a frente o campeão do Brasileirão e o vencedor da Copa do Brasil,e a pequena maratona teria Estadual, Brasileiro, Copa do Brasil, Libertadores ou Sul-americana, Recopa Sul-americana e Mundial da mamãe FIFA. Pique no lugar.